Voxel

XMA 2015: manager da Keyd fala sobre as dificuldades da equipe [entrevista]

Último Vídeo

Em determinado momento de sua história, a equipe profissional Keyd Stars esteve no topo do cenário competitivo nacional de League of Legends. Com a ajuda do experiente brTT e dos talentosos coreanos An “SuNo” Sun-ho e Park “Winged” Tae Jin, o time conquistou a medalha de ouro em inúmeros campeonatos brasileiros – incluindo a primeira edição do X5 Mega Arena.

A glória, porém, não durou tanto. Com a saída de brTT (que passou a jogar pela até então rival paiN Gaming) e da dupla asiática (que precisou voltar ao seu país de origem), a Keyd Stars deixou de ser a equipe que liderava as batalhas com agressividade e estratégia incomparável. Mesmo contratando outros sul-coreanos (Kang “DayDream” Kyung-min e Kim “Emperor” Jin-hyun, que também saíram da equipe pouco tempo depois) e tendo a ajuda do ex-CNB Murilo “takeshi” Alves, o time perdeu o Circuito Brasileiro em uma partida inesquecível contra a INTZ.

Com um line-up renovado – que inclui o ex-Kabum André “esa” Pavezi na posição de AD Carry –, a Keyd Stars voltou ao cenário competitivo em busca do troféu da XMA Mega Arena 2015, mas perdeu o ouro com certa facilidade logo na primeira luta contra a paiN Gaming. O TecMundo Games conversou com Renan Philip, manager da equipe, a respeito das dificuldades que o time vem sofrendo ao longo dos últimos meses e seus planos para fazer a Keyd Stars voltar ao topo do cenário nacional. Confira a entrevista na íntegra através do vídeo que abre esta matéria.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.