Voxel

Yaiba: Ninja Gaiden Z será uma comédia de horror que terá o desafio de vender bem

Último Vídeo

Img_normal

Todo jogador hardcore que se preze tem que ser afinado nos acordes mais complexos da franquia Ninja Gaiden. Com isso, é de praxe sabermos que, quando a série estava sob a batuta de Tomonobu Itagaki, a jogatina era basicamente focada em monstruosos valores morais, ação extremamente precisa e uma severa interface com os jogadores.

Agora, com o anúncio da chegada de Keiji Inafune no controle dos movimentos do ninja Ryu Hayabusa, é possível afirmar que os jogos vão mudar. A maior prova disso foi a demonstração de Yaiba: Ninja Gaiden Z durante a Electornic Entertainment Expo (E3) deste ano, em que o protagonista do título não é mais Ryu e a temática mudou completamente, fazendo parte agora do gênero de comédia de horror.

No entanto, games com essa mesma temática de terror misturado a fortes doses de humor são historicamente mal aceitos pelo mercado. Títulos como Lollipop Chainsaw e Madworld não conseguiram se firmar como ótimos vendedores. Portanto, Yaiba: Ninja Gaiden Z chegará às lojas com um pedigree conhecido pelos gamers e sob cuidados de uma equipe de desenvolvedores que já provou inúmeras vezes sua capacidade. Será que vai vingar?

Vale lembrar que a Epic e a Tecmo assinaram um acordo recentemente para usar a tecnologia da desgastada (porém ótima) Unreal Engine 3. Yaiba: Ninja Gaiden Z tem previsão de lançamento no começo do ano que vem, com versões para Xbox 360 e para PlayStation 3.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.