Voxel

Yoshinori Ono fala sobre custos e lucros em jogos de luta e dá pistas sobre um novo Darkstalkers

Último Vídeo

Fonte: Reprodução/4Gamer
Yoshinori Ono, conhecido mundialmente por ser o produtor da série Street Fighter, teve um mês de julho bem mais cheio do que o normal. Primeiro, o protagonista da fantasia mais vergonhosa de Chun-Li até hoje fez sua aparição anual na edição deste ano do maior campeonato de fighting games do mundo, o EVO 2013.

Depois, Ono também fez uma participação especial durante a Comic-Con San Diego deste ano, na qual falou sobre seus pensamentos em relação ao futuro dos jogos de luta. A primeira coisa sobre a qual o produtor de SFIV falou, foi sobre como será a existência de títulos desse gênero nos consoles da vindoura geração.

Ono disse sorrindo: “Pessoalmente, eu não gostaria de encerrar a numeração da série Street Fighter no IV. No entanto, sendo totalmente realista, desenvolver um título para um console da próxima geração requer uma equipe gigantesca e uma larga quantia de recursos. A questão do dinheiro, na realidade, também se aplica a todo mundo, que precisa investir no novo console, no jogo e na configuração dos controles arcades”.

Fonte: Reprodução/4Gamer
Ainda de acordo com Ono, se você olhar para os games de luta como um esporte competitivo, seria sensato pensar que “quanto mais jogadores, melhor”. “Portanto, entrar no mercado de jogos free to play diminui muito essa necessidade inicial de investimentos, o que eu acredito que seja o principal motivo sobre essa modalidade”, diz o produtor.

Sobre uma nova produção envolvendo a franquia Darkstalkers, Yoshinori Ono pediu calma. “Peço a vocês que aguardem um pouco mais. Darkstalkers Resurrection acabou de ser lançado e nós estamos em fase de captarmos a paixão dos gamers pelo título. Nossa pretensão de finalmente revelar ao mundo um Darkstalkers totalmente novo ainda é muito forte, então, eu ficaria muito feliz por continuar contando com o apoio de todos”, finaliza ele.

Fonte: 4Gamer (via Siliconera)

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.