Populous DS não é nada divino

Todos sabem que Populous é um clássico e provavelmente alguns devem ter pensado que o “novo” título seria divino... Bem, discutiremos isso na parte “O que espantou o BJ...”. Por enquanto, vamos apenas resumir como é o Populous DS.

A proposta do game é a mesma do Black & White e alguns outros lançamentos: proporcionar a jogabilidade de um jogo de estratégia com o diferencial da perspectiva de uma força divina, como um deus (ou extraterrestre). Enfim, os comandos são muito simples e resumem-se a deixar um terreno plano e destruir as terras do oponente.

Realmente, não houve muitas adições em relação com a versão original de Populous, tornando-o um remake regular. Você joga com um deus e precisa derrotar o outro deus. Tudo que você precisa é de fiéis e tudo que eles precisam são terras planas. Com o milagre do “alisamento de terras”, você cria uma terra plana e as pessoas irão construir casas nelas. Quanto maior a área plana, maiores as construções e maior o número de fiéis que podem nascer abrigados.

Esse é o Armageddon... O ápice de estratégias é a necessidade de regular a quantidade de admiradores que estarão em casa fornecendo poder para você e os ataques comandados por uma indicação divina, como um líder, contra o adversário.

Tudo que você pode fazer contra o inimigo é mandar alguns bonequinhos na direção das casas dele para conquistá-las e aniquilar bonequinhos do mal, além de ativar poderes especiais para arruinar a quantidade de fiéis do deus inimigo com terremotos, meteoros e inundações.

Resumindo todas suas tarefas: você deixa terras planas para seus seguidores e destrói as terras e as unidades do adversário com algumas catástrofes ou ordenando ataques, sem controle muito direto sob a sua nação. É tudo muito simples, existindo também partidas multiplayer para quatro jogadores.

Ah! E no fim de uma partida, quando o relógio chega ao zero, a hora do Armageddon chega, o que não significa nada mais e nada menos que todos os bonequinhos, inimigos e aliados, se reúnem em um ponto para se estapearem até a morte. Quem tiver a maior população ganha, e é daí que vem o nome: Populous.
Deve ser admitido o fato que no começo é divertido e talvez você consiga meia hora, ou até mais, de diversão. Porém, depois de um tempo o jogo fica chato por ser repetitivo. O lado positivo é que o título seria um grande sucesso se fosse lançado no ano de 1989, então para quem gosta do estilo retro Populous DS vira uma opção também. Todavia, o conselho final, generalizado para todos os jogadores, é: não compre Populous DS! Nunca! Baixa qualidade para os tempos modernos e pouca diversão são fatores que justificam essa opinião.
É Populous...

Populous é um clássico e saudosistas irão encontrar algo que proporcionará momentos nostálgicos em Populous DS. A jogabilidade é simples e o conceito da proposta é muito bom. Comandar divindades e orientar um povo rumo à vitória de modo mais ou menos indireto (em comparação a outros títulos de estratégia) é algo divertido... Pense em Black & White para PC.

O jogo fornece algum desafio e chega a ser divertido numa partida realizada casualmente. As melhorias nos gráficos tornam Populous DS um remake fiel, fora o fato de ele estar disponível em um portátil popular e simpático que é o DS. No caso, devemos acentuar que esse jogo é um remake nostálgico e transmite exatamente (ou um pouquinho melhor) a experiência oferecida pelo Populous original.
Gráficos degradantes e animações tolas

Sinta a fúria de um fã decepcionado! A simplicidade é bem apreciada pelos consumidores em alguns casos, o que certamente não é o caso de Populous DS. Esperávamos muito mais de um título que prometia ser bom. Infelizmente, mesmo havendo algumas variações nos visuais no decorrer da jogatina, nada realmente bonito e empolgante surgirá na tela para tornar tudo mais interessante e incitar a motivação do jogador.

Vemos tanto avanço na indústria dos games e quando nos deparamos com algo que é nem se quer criativo, dá vontade de chorar. Enfim, não estamos diante do apocalipse gráfico, mas de qualquer jeito é uma decepção.

Além de tudo parecer em padrão 8 bits, lembrando a versão a original até demais, as animações são terríveis e ver uma luta entre dois homens ser comunicada visualmente por dois bonequinhos se estapeando deveria  ser engraçado, mas como o título é sério, não é.

Sons dispensáveis

A trilha sonora condiz com os gráficos, não sendo nada empolgante. Talvez seja um pouquinho legal na hora do Armageddon, fora isso, uma série de ruídos que lembram vagamente algo entre jogo muito antigo e barulhos eletrônicos irritantes compõem a trilha sonora do “novo” Populous para DS.

Bobo e repetitivo

Como Deus, seria de se esperar a possibilidade de levar o inferno ao campo de batalha, algo que em Populous está muito mais para fazer com que a terra fique torta ou reta. Do começo ao fim é o mesmo tipo de “emoção” que você poderá desfrutar.
58 ds
Fraco